Partilhe

singular properties

Atreva-se a explorar - itinerário de 3 dias

Atreva-se a explorar - itinerário de 3 dias

Dia 1

Saída do resort em direcção a Ponta Delgada

- Subida pela covoada, paragem no miradouro do pico do carvão onde se observa a zona dos picos. Daqui é possível observar a zona mais estreita da ilha entre a costa norte e sul da ilha, com apenas 8km.

- Visita às pequenas lagoas das empadadas passando pelo antigo aqueduto.

- Paragem no miradouro da grota do inferno/lagoa do canário. Neste ponto existe um pequeno trilho que pode ser feito até um dos mais emblemáticos miradouros da ilha. Daqui é possível ter uma perspetiva diferente da grande cratera vulcânica das sete cidades.

- Próxima paragem na Vista do Rei. Este miradouro é um dos mais conhecidos da ilha. Foi daqui que o último rei de Portugal viu uma vista/paisagem digna de um rei, a lagoa azul e verde. Neste miradouro pode também encontrar o hotel Monte Palace que foi fechado ao público em 1991 e posteriormente abandonado. Atenção: atualmente o hotel é propriedade privada, mas ainda se encontra em estado de abandono/degradação. Qualquer visita ao seu interior representa perigo para o visitante.

- Descida em direção à freguesia das sete cidades. Na descida existem 2 miradouros, onde se pode fazer uma breve paragem (cerrado das freiras e lagoa de santiago).

- Passagem pela ponte entre as lagoas e paragens na freguesia, bem como, junto às lagoas. Opcional: pequeno desvio até ao túnel na margem da lagoa azul.

- Saída da freguesia pela estrada da várzea. Paragem no ponto mais oeste da ilha, os Mosteiros. Esta é uma vila piscatória onde pode observar algumas das piscinas naturais e uma das praias de areia preta da ilha.

- Saída dos mosteiros em direção à ferraria*. No caminho, fazer uma paragem no miradouro do escalvado, onde se pode observar, tanto os mosteiros à direita, como a ferraria à esquerda.

- Regresso a ponta delgada pela costa sul. Opcional geoturismo: visita à gruta do carvão para observação de formações geológicas subterrâneas (entrada paga).

- Paragem na capital da ilha. Aqui pode simplesmente percorrer as ruas estreitas e típicas no centro da cidade, para observar a arquitetura dos edifícios mais antigos, visitar o mercado da graça ou algum dos jardins existentes (António Borges, Palácio de Sant’Ana (entrada paga) e José do Canto (entrada paga)).

- Visita à plantação dos ananases dos Açores na Fajã de Baixo.

- Passagem pelas praias de são roque e milícias em direção à cidade da Lagoa. Opcional: paragem na fábrica de cerâmica vieira.

Retorno ao resort.


Dia 2

Saída do resort em direção à lagoa do fogo. Subida pelo flanco norte. Desvio da estrada principal para visitar a cascata do salto do cabrito.

- Regresso à estrada principal. Paragem opcional na Caldeira velha*.

- Continuar a subida em direção ao miradouro da lagoa do fogo. Daqui é possível observar a melhor vista sobre uma das mais bonitas lagoas da ilha. No caminho até ao ponto mais alto deste vulcão, existem vários miradouros com vista para a lagoa e para a costa norte da ilha, onde é possível parar.

- Após passar o pico da barrosa, inicia a descida em direção ao lado sul da ilha.

- Seguindo a costa sul da ilha em direção à vila franca do campo, pode fazer um desvio até à caloura. Local para visitar uma das piscinas naturais mais cénicas da ilha.

- Passagem pelas praias de Água d’alto.

- Paragem na vila franca do campo para contemplar a vista sobre a vila e a reserva natural do ilhéu (miradouro da nossa senhora da paz). Visita à fábrica das queijadas da vila, junto à marina.

- Saída da vila em direção às furnas. Pode fazer um desvio até à lagoa do congro (aqui existe um pequeno trilho até chegar à lagoa).

- Continuar em direção às furnas. Paragem junto à lagoa das furnas onde pode observar o local onde são cozinhados os famosos cozidos debaixo da terra, com o calor do vulcão (entrada paga). Junto a esta lagoa existem outras atrações: parque da grená (entrada paga), mata José do canto (entrada paga) ou pode fazer o trilho à volta da lagoa (aproximadamente 1H30).

- Descida em direção à vila das furnas. Paragem para banhos termais: parque Terra Nostra e/ou poça da dona beija*. Visita às fumarolas/caldeiras onde pode observar as manifestações da origem vulcânica da ilha. Opcional: visita à fábrica dos bolos levedos e queijaria furnense.

- Saída das furnas pela costa norte. Paragem no miradouro do pico do ferro, onde pode observar de uma perspetiva diferente a cratera do vulcão das furnas.

- No regresso à ribeira grande, paragem na mais antiga fábrica de chá da Europa, Gorreana, para visita à plantação e prova de chá.

- Pode fazer um desvio até à lagoa de São Brás antes de parar na ribeira grande para ver a cidade. Na praça central da cidade pode visitar o jardim do paraíso por onde corre a ribeira que dá nome à cidade e a ponte dos 9 arcos. Opcional: visita à fábrica dos licores da mulher do capote. Marco geológico: fontenário soterrado pela erupção vulcânica de 1563 na ribeira seca da ribeira grande.

Voltar ao resort


Dia 3

Saída do resort em direção ao nordeste. Paragem no miradouro de santa iria para observar a linha costeira. Possível desvio até à praia dos moinhos no porto formoso.

- Passagem pela salga e paragem para observação da cascata do salto da farinha, uma imponente queda de água com 40 metros. Antes de chegar à vila do Nordeste, paragem no parque natural da ribeira dos caldeirões (entrada gratuita). Este é um parque com aspeto exótico onde existe um pequeno trilho que se pode percorrer para ver várias cascatas e antigos moinhos de água.

- Continuar em direção à vila do Nordeste. Aqui pode fazer uma paragem para visitar o centro da vila. Após sair da vila, em direção ao extremo Este da ilha, existem inúmeros miradouros onde se pode observar a costa escarpada. Vigia dos barcos/farol do arnel, ponta do sossego e ponta da madrugada.

- Para aqueles que gostam de caminhadas, fazer um desvio da estrada regional em direção ao faial da terra. Aqui existe um trilho oficial, de aproximadamente 5km, por onde se pode aventurar pela vegetação luxuriante e chegar até à cascata do salto do prego.

- Regressar à estrada regional e seguir em direção à vila da Povoação. Passagem e paragem neste que foi o primeiro local do povoamento da ilha.

- Saída da povoação em direção ao miradouro do salto do cavalo, onde se pode ter uma vista panorâmica sobre as duas maiores crateras vulcânicas da ilha, furnas e povoação Regresso ao resort pela costa norte da ilha.

Retorne ao resort pela costa norte da ilha